Aquecer a Quem tem Frio. Meta de 2018 ultrapassada: 622 mantas produzidas e entregues ;-)

#Desafio500mantas

Em 2018 nossa meta era bater todos os nossos recordes e produzir 500 mantas, coloridas e quentinhas, para dar mais calor e amor para quem tem frio.

E para isso juntamos diversas pessoas do Bem, de todo o Brasil, que toparam este desafio com a gente e o resultado foi incrível: 622 MANTAS e a meta batida!

Para 2019 queremos mais! Se você quiser vir com a gente nessa missão o primeiro passo é entrar na comunidade do Facebook.

Clique abaixo e vem com a gente ;-)
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

#gratidão

 A alegria de cada pessoa que nos recebe é emocionante, e esse sentimento nós queremos que cada um de vocês também sinta. Desde aqueles que ajudaram divulgando o site, convidando amigos e doando materiais, até aqueles que dedicaram horas do seu dia para criar os quadradinhos ou mesmo mantas inteiras. Muito obrigada!

200 mantas - Casa Hope
200 mantas - Associação Cruz Verde
80 mantas - AACC Associação de Apoio à Criança com Câncer
75 mantas - Orfanato Lar Batista de Crianças
18 mantas - Gupo Assistêncial Alvorada Nova
13 mantas para Casa Maria Helena Paulina
12 mantas - Casa Esperança
9 mantas - Asilo da Irmã Salete
15 mantas a serem doadas (se quiser indicar algum local nos envie uma sugestão lá no nosso grupo do Facebook)
CONHEÇA O PROJETO
João da Silva
Aquecer a quem tem frio. Esse é o objetivo do projeto Laços Unidos, ação social promovida pelas empresárias e irmãs Ana e Anne Galante, da marca artesanal Srta. Galante, de São Paulo. Há quatro anos elas veem reunindo mãos de todo o Brasil para produzir quadrados de crochê (ou tricô) que unidos viram mantas coloridas, confortáveis e quentinhas para serem doadas para entidades sem fins lucrativos, como asilos, creches, hospitais de retaguarda, imigrantes entre outros.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Como posso participar?

Fazendo quadrados de crochê ou tricô de 30x30cm de lã de qualquer cor.

Você também pode doar suas linhas que não usa e estão ai ocupando espaço na sua casa.

Agulhas de crochê também são bem vindas!

O importante é o tamanho do quadrado ter 30x30 centímetros!

Você já pode ir produzindo as suas mantas para a campanha de 2019 e ir enviando para:

A/c Laços Unidos - Rua Ilhéus 337 - 01251-030 - São Paulo - SP

Não sabe crochetar? Vem que a gente ensina!

APRENDA A FAZER O QUADRADINHO DE CROCHÊ

Mapa do seu plano de Lançamento
Baixe o gráfico do quadradinho de crochê clicando no botão, e comece agora mesmo ;-)
João da Silva
Um pouco sobre a nossa história...Anne Galante tem um talento natural para o tricô e o crochê. Suas mãos não se cansam, ela aprendeu as técnicas aos 12 anos e não parou mais. Sem pretensão alguma, ao longo da adolescência, ela produzia peças para as amigas ou para vender em eventos. Sua decisão de fazer faculdade de moda no SENAC não foi nenhuma surpresa para quem estava ao seu redor.

Mesmo durante a faculdade, Anne não largava as agulhas. Morando longe do trabalho e da faculdade, aproveitava as longas horas no ônibus entre um e outro para produzir. E produzia tanto que suas peças autorais começaram a chamar a atenção de estilistas. Durante alguns anos, Anne produziu peças de tricô e crochê para marcas conhecidas do mercado brasileiro.

Foi um período intenso e de muito aprendizado. Com o passar do tempo, Anne percebeu que seu trabalho poderia ter um propósito maior, mais alinhado com o que queria para a sua vida. A experiência com grandes marcas mostrou como o modelo de fast fashion é insustentável, e ela decidiu que poderia fazer algo mais especial dedicando-se a suas próprias criações dentro de uma lógica de produção e consumo mais consciente.

Enquanto isso, Ana, que havia se formado em Têxtil e Moda na USP, estava fazendo carreira no mercado publicitário. Mas sentia que faltava algo, sentia a necessidade de trabalhar com coisas em que ela realmente acreditava. Começou então a usar sua experiência para mostrar para o mundo o trabalho da sua irmã, e juntas começaram esse novo caminho.

Ana é responsável pelo conceito da marca e pelo marketing, além da parte administrativa. Sempre rodeada de agulhas e novelos, Anne dedica-se à criação e ao desenvolvimento de peças, produção, cursos e capacitação. Ana é o pé no chão, que faz contraponto com a intensidade do trabalho da Anne. Enquanto uma topa qualquer projeto maluco que aparece, a outra tenta mostrar caminhos mais tranqüilo.